5. Os primeiro passos para degustar um vinho

Os primeiros passos para degustar um vinho

Não é preciso degustar como um profissional ou até mesmo conhecer tudo sobre o vinho para desfrutá-lo. Porém o prazer ao conhecer um novo rótulo fica ainda maior quando aprendemos algumas técnicas para identificar sabores e aromas do vinho.

A análise sensorial é um exame mais mais atencioso das características do vinho e se divide basicamente em três etapas: visual, olfativa e gustativa.

https://cdn.api.wine-locals.com/consevitis/images/small_SERRA_MAIO_21_93_b0a1a8266a.jpg

Passo 1 - Olhar

Entender o vinho começar antes mesmo de sentir o seu aroma. O aspecto visual tem muito para nos falar sobre as qualidades do produto.

Para a etapa visual é importante que a taça esteja limpa, que haja boa iluminação e uma superfície branca, que ajude a ver bem os detalhes ao inclinar a taça sobre ela. Nesta parte são observadas as cores e matizes da bebida desde o centro da taça até a borda superior, identificando tonalidade e intensidade.

Em um vinho tranquilo, observa-se também sua limpidez, que indica se foi ou não filtrado; viscosidade, que indica mais ou menos açúcares residuais e álcool; e a borda, halo ou coroa, que quanto mais transparente e acastanhada em tintos, mais envelhecida poderá ser a bebida.

https://cdn.api.wine-locals.com/consevitis/images/small_SERRA_MAIO_21_74_1_b4659d0de8.jpg

Passo 2 - Cheirar

Na segunda etapa, a olfativa, são identificados os aromas do vinho. Posicione o nariz bem no centro da taça e aspire devagar, tentando identificar as características do vinho.

Aqui, os bebedores mais treinados, vão identificar aromas como frutas, flores, vegetais, especiarias, entre outros. Além de identificar estas fragrâncias e a intensidade em que se apresentam, dependendo da complexidade do vinho, é possível encontrar os aromas primários (já estão no DNA da uva), secundários (surgem durante o processo de fermentação) e terciário (vêm com o amadurecimento em barricas e envelhecimento em garrafa).

Mas não fique surpreso se por acaso você ainda não consegue identificar de forma tão clara esses aromas diferentes. A etapa olfativa demanda bastante prática e estudo para

https://cdn.api.wine-locals.com/consevitis/images/small_SERRA_MAIO_21_136_df86dc451e.jpg

Passo 3 - Provar

Agora sim, o momento da verdade que estávamos esperando. A hora de

Na etapa gustativa, o degustador usará seu paladar para identificar os sabores do vinho, como nível de doçura, amargor, acidez, salgado e umami; bem como algumas características, como corpo (leve a encorpado), taninos, persistência e retrogosto.

Acreditamos naquela máxima: vinho bom é aquele que a gente aprecia. Mas quando passamos a desfrutar do processo e entender mais sobre as características do vinho, a degustação nos abre um novo horizonte de experiências.

Agora que concluímos esta etapa do Guia Prático de Vinhos, que tal explorar as atrações enoturísticas que nossas vinícolas proporcionam? Veja o capítulo sobre Enoturismo no Brasil e conheça as experiências que as nossas vinícolas proporcionam.

Tags relacionadas a esse conteúdo

Espumante
Tintos

Quer receber as novidades do vinho brasileiro?

Deixe seu nome e-mail e enviaremos em primeira mão os novos conteúdos.

Realização

TERMO DE COLABORAÇÃO – FPE nº 2238/2020º

Siga-nos

Baixe nosso aplicativo

© 2022 - vinhobrasileiro.org - Desenvolvido por Wine Locals

O Consevitis - RSO vinho no BrasilGuia práticoEnoturismoVinícolasMercadoEventosNa mídia