4. Como armazenar, servir e guardar seu vinho aberto

Como armazenar, servir e guardar o seu vinho aberto

Quando falamos em vinho, é muito comum ouvir que "quanto mais velho, melhor". Sabemos que esta afirmação não é correta e que cada vinho possui um tempo adequado para ser consumido: dos mais jovens aos de guarda.

Mesmo assim, cuidados ao armazenar, servir e guardar o vinho aberto são extremamente úteis para melhorar a experiência e extrair o máximo de cada vinho.

Armazenando o vinho

A forma correta de armazenar brancos, rosés, tintos, fortificados ou colheitas tardias com rolha é manter a garrafa na horizontal. Desta maneira o vedante estará sempre em contato com a bebida e não sofrerá ressecamento.

Os rótulos com tampa de rosca (ou screw cap) ou espumantes podem ser mantidos em pé, na vertical. Mantenha todos os estilos em lugar escuro e com temperatura fresca e constante, idealmente entre 12 e 14 graus celsius. Com estes cuidados, a bebida estará em condições para evoluir na garrafa e durar mais tempo.

Em casa, nem sempre é possível termos uma adega climatizada, então a dica é guardar as garrafas em um cômodo mais fresco e menos utilizado. Nunca próximo a fogões e churrasqueiras, ou eletrodomésticos que vibrem, como as geladeiras.

Lembre-se: nem todos os vinhos produzidos são feitos para envelhecer.

Abrindo o vinho

Para abrir uma garrafa com rolha, existem uma grande quantidade de saca-rolhas mecânicos e elétricos. Caso o vinho seja de guarda e o vedante de cortiça já apresente indícios de envelhecimento, o ideal é utilizar o saca-rolhas de pinças.

Se o vinho possui screw cap, o recomendado é segurar na parte inferior da cápsula e girar a garrafa. Esse movimento é o mais rápido, fácil e seguro.

No caso dos espumantes é preciso ter um pouco mais de cuidado. Depois de retirar cuidadosamente a cápsula e a gaiola, o recomendado é segurar a rolha com uma das mãos e, com a outra, girar a garrafa, evitando ao máximo a saída de gás carbônico. Evite abrir a garrafa em temperatura ambiente ou agitá-la, sob risco de acidentes.

Validade após aberto

Quando o vinho não é consumido integralmente e há o desejo de guardar o restante, recomenda-se o uso de acessórios que retiram o oxigênio da garrafa. Estes gadgets, como as bombas a vácuo, permitem que a bebida mantenha-se em bom estado em até quatro dias após a abertura.

Para os espumantes, vale a pena investir em uma tampa específica para a guardar a bebida. Ela preserva a pressão e faz com que o espumante esteja bom para consumo por mais alguns dias.

Com o vinho armazenado e aberto de forma adequado, chegou a hora de maior expectativa: a degustação. Na próxima etapa, vamos falar sobre os primeiros passos para degustar e aproveitar ao máximo a experiência com o vinho. No quinto e último capítulo do Guia Prático de vinhos.

Tags relacionadas a esse conteúdo

Tintos

Quer receber as novidades do vinho brasileiro?

Deixe seu nome e-mail e enviaremos em primeira mão os novos conteúdos.

Realização

TERMO DE COLABORAÇÃO – FPE nº 2238/2020º

Siga-nos

Baixe nosso aplicativo

© 2022 - vinhobrasileiro.org - Desenvolvido por Wine Locals

O Consevitis - RSO vinho no BrasilGuia práticoEnoturismoVinícolasMercadoEventosNa mídia